Arquitectura do memorial da América Latina

(Texto sobre a excursão dos dois oitavos anos para o Memorial da América Latina. Os alunos escolheram alguns temas – mitologia, arquitetura, arte, por exemplo – e organizaram uma exposição de fotos e outras expressões culturais latino americana.)

Beatriz Santana Cunha;
Leonardo Azzi Lopes;
Guilherme Lavieri;
Taina Soares de Figueiredo

Na quarta-feira, dia 13 de Novembro de 2013, visitamos o Memorial da América Latina, nesta experiência ficamos impressionados com a arquitetura do Memorial, porque é uma arquitetura diferente, ela não esta nos padrões que estamos acostumados a conviver em Campinas. Percebemos que ela não é reta, mas cheia de curvas.
O memorial da América Latina foi construído em 1989 pelo artista Oscar Niemeyer (1907-2012). O objetivo do Memorial é difundir as manifestações latino-americanas de criatividade e saber, sempre com objetivo de integrar relações culturais, políticas, econômicas sociais.
O que mais gostamos, em nossa visita foi a ponte estaiada, que liga as duas partes do Memorial. Ela, como as outras obras de Oscar Niemeyer, é feita de curvas tendo como sustentação superior um pilar central curvado que começa do meio da parte superior da ponte até o chão. Esse pilar, também conhecido como pendulo e foi a parte que mais gostamos.

Categoria: Sem categoria Tags: , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *